Estudo anuncia os países mais “verdes” da União Europeia

A consultoria britânica NimbleFins, que oferece auxílio para tomada de decisões financeiras, publicou recentemente o ranking “Greenest Countries in the EU” (ou “Países mais Ecológicos da União Europeia”).  Baseada em dados da Eurostat (Gabinete de Estatísticas da União Europeia), a consultoria avaliou 28 países do bloco em termos de qualidade do ar, água fresca, gases de efeito estufa, resíduos, energia e florestas.

As nações melhor classificadas são aquelas que mantém bons programas de gestão de resíduos sólidos, reciclagem, economia de energia e incentivo a fontes renováveis, além de boa qualidade do ar e bons índices de conservação de florestas e água fresca.

Conheça os países vencedores (pontuações mais baixas indicam classificações mais altas, ou seja, países mais “verdes”):

1. Suécia

A Suécia é de longe o país mais ecológico da UE. Ela lidera o ranking nos quesitos resíduos, emissões de gases de efeito estufa, qualidade do ar, água fresca e florestas. Com base em análises da qualidade do ar, realizadas em zonas rurais e urbanas, o país detém o ar mais limpo do bloco. Porém, embora a Suécia utilize uma proporção considerável de fontes de energia renovável (55%), o consumo per capital real de energia não renovável ainda é um dos mais altos da UE (3,1 toneladas de equivalente de petróleo per capita).

2. Letônia

O país báltico é o segundo mais “verde” da UE, em grande parte devido a sua abundância de recursos naturais (água doce e florestas) e aos baixos índices de emissões de gases de efeito estufa (6 toneladas per capita) e de consumo de energia não renovável (1,4 toneladas de óleo equivalente per capita). Porém, a concentração de partículas finas da Letônia (12.7) coloca o país mais próximo à base em termos de qualidade do ar. Além disso, a Letônia possui uma das piores taxas de reciclagem da UE (25%).

3. Portugal

Portugal surge em terceiro lugar devido à grande quantidade de florestas (59% das terras são florestas ou bosques), boa qualidade do ar e baixo consumo de energia. O país consome uma quantidade relativamente baixa de energia não renovável (1,7 toneladas de equivalente de petróleo per capita), ao mesmo tempo em que aposta em fontes renováveis (28% matriz é renovável). Porém, Portugal gera um pouco de lixo municipal (487 kg per capita) e tem uma baixa taxa de reciclagem de resíduos (31%).

Confira o ranking completo, com todos os 28 países da União Europeia, mais detalhes sobre o estudo e a metodologia utilizada no site da NimbleFins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *